Anitta: o que temos a aprender?

Você pode não gostar do estilo musical, das letras, mas não dá pra negar que Anitta é um case de marketing de sucesso. Basta observar os números que suas campanhas atingiram nas redes sociais e plataformas digitais. Inovadora e criativa, a cantora lançou o projeto CheckMate no ano passado que previa a divulgação de um clipe por mês, sempre com uma estratégia diferenciada. Para isso, ela buscou parceiros musicais influentes em determinados nichos, o que lhe proporcionou ser conhecida em grupos sociais onde não tinha adesão. A abordagem transmidiática de Anitta resultou na marca de 1,6 bilhão de visualizações no YouTube e 445 milhões de reproduções no Spotify somente em 2017.

Will I See You foi a primeira música do projeto e feita em parceria com o inglês com Poo Bear, considerado um dos maiores produtores do mundo. Outro ponto que cabe ressaltar é que neste trabalho, ela canta em inglês e abre as portas do cenário internacional. A música ultrapassou os 37 milhões de views e mostrou o potencial de CheckMate. Já na etapa inicial se via que a estratégia de divulgação seria o diferencial deste projeto. Vídeos teasers, postagens e Instagram Stories antecipavam informações sobre a música que seria lançada. Claro que tudo isso sempre com o objetivo de alcançar os Trending Topics e as listas que destacam os artistas mais ouvidos do mundo.

Alesso foi parceiro na segunda música do projeto. Is That For Me lançou a cantora para o cenário da música eletrônica. Neste momento do projeto, a divulgação foi feita desde as gravações no meio da Amazônia. Diferente das demais músicas que foram blindadas, o clipe da balada eletrônica foi amplamente exposto. No primeiro dia, o clipe bateu marcas históricas no YouTube. Gravado em dois dias em meio a floresta, o vídeo subiu no canal do YouTube do DJ afim de levar a imagem da Amazônia e de Anitta para o mundo. O clipe contabiliza mais de 57 milhões de views.

Com mais de 100 milhões de visualizações, Downtown, em parceria com o colombiano J.Balvin, é a vice-campeã de CheckMate. O clipe foi gravado em Nova York e é o segundo trabalho em parceria com Balvin, que em 2017 teve uma música gravada com Beyoncé. A terceira faixa do projeto mostra a cantora cantando em espanhol com uma batida mais latina. Como cada música teve sua estratégia, a de Downtown teve a sua especial. Anitta escolheu o palco da Festa Combatchy – projeto voltado ao público LGBT - no Espaço das Américas, em São Paulo, para ser o local de estreia da música e que teve transmissão ao vivo no canal Multishow.

Vai, malandra! arrematou todos os números, tendo ultrapassado os 25 milhões de views no primeiro dia de divulgação, colocou a cantora no top 10 da Billboard - fato inédito entre brasileiros até então - e se tornou a primeira música em português na lista das mais ouvidas do mundo no Spotify. Na produção, ela juntou personalidades que são referências do cenário funk e campeões de audiência no YouTube como o grupo Tropkillaz e o DJ Yuri Martins, responsáveis pelos maiores fenômenos do funk no Brasil, além do cantor Maejor. O hit, que teve o clipe gravado no Morro do Vidigal, trouxe a cantora de volta às suas origens e mostrou o ritmo para o mundo. Com mais de 146 mil views, a música é a número 1 de CheckMate em números.

Lançada em janeiro, Machicka retoma a parceria com Balvin. O clipe foi gravado na Colômbia em dezembro de 2017. Assim como em Downtown, Anitta canta em espanhol. Nas primeiras horas após a publicação, o vídeo ultrapassou 2 milhões de views. A música promete ser hit no carnaval e está confirmada como o tema da Copa do Mundo da Rússia. Foi em solo gaúcho, a primeira exibição da coreografia durante o Planeta Atlântida.

O que tudo isso nos ensina? Anitta aprendeu - e colocou em prática - as melhores técnicas relativas ao YouTube. E, claro, percebeu que o vídeo não é mais tendência, é obrigação quando se fala de públicos mais jovens. A cantora e empresária percebeu que, como toda boa marca relevante, deveria ter uma presença estratégica no YouTube, com conteúdo próprio e de qualidade. Para construir a relevância local e ter abrangência global, ela entendeu a plataforma e usou as melhores ferramentas para aproveitar o engajamento de seu público. O projeto deu acesso a grupos sociais, gerações, plataformas e países com um trabalho diversificado. E mais do que isso: a estratégia foi toda pensada para potencializar cada lançamento. Não à toa, junto com a divulgação da música e, consequentemente, do clipe, em seguida vinham tutoriais com as coreografias.

Quando assumiu como empresária da sua própria carreira e reposicionou a sua marca, assumindo um perfil mais pop, Anitta conseguiu conquistar o público AB. Nesse sentido, ela buscou apoio nos melhores profissionais que repaginaram principalmente a sua imagem e a presença digital, o que influenciou na sua fala e roupas. E, claro, investiu no marketing de conteúdo, especialmente através dos vídeos.

O que ela tem a ensinar para as marcas? Saiba exatamente quem você quer atingir, trabalhe para eles e produza conteúdo. Os demais públicos vem na batida do pancadão.

Contato//

Rua São Mateus, 1100
Porto Alegre/RS
CEP 91410-030

(51) 98177.7719

atendimento@
feedconteudo.com.br


topo